quinta-feira, 8 de agosto de 2013

E esses seres tão pequenos de alma
Cambaleando em saltos tortos,
Para olhar de cima
Toda a miséria que tem dentro de si.

Assim lhes deve parecer menor.